Da Prateleira 01 | Persépolis

01 Persepolis

Da Prateleira será um programa onde eu, Tamyres, indicarei livros, quadrinhos, filmes, séries ou álbuns que me agradem. Eventualmente com convidados, às vezes sozinha, estarei aqui indicando obras e convidando vocês a discorrerem sobre suas impressões nos comentários.

Como o programa é para indicar obras, não serão dados spoilers sobre a mesma em questão, para que aqueles que ainda não a conhecem possam ouvir o programa tranquilamente.

No primeiro episódio do Da Prateleira, eu recebo a Luciana Santos (RedomasCast) para falarmos sobre o maravilhoso quadrinho Persépolis, da autora iraniana Marjane Satrapi. Portanto, venha saber o que nos marcou durante a leitura e porquê indicamos esta obra para vocês.

PARTICIPANTES:
Tamyres Palma
Luciana Santos

COISAS ÚTEIS:
– Duração: 34m32s
– Feed do Crentassos: Feed, RSS e iTunes: crentassos.com.br/blog/tag/podcast/feed Para assinar no iTunes, clique na aba Avançado, e Assinar Podcast. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.

CITADOS NO PROGRAMA:
RedomasCast
Projeto Redomas
Twitter da Luciana Santos
Trilogia de Livros da Princesa Sultana
Podcast GraçaGirls – “Miss Marvel: Nada Normal”
“Bordados” – HQ da Marjane Satrapi

TRILHA SONORA DO PROGRAMA:
“Postcards From Italy” – Beirut (Ukelele Instrumental por iamblinkin)

Padrim Banner

Patreon Banner

REDES SOCIAIS:

01_twitter 02_facebook 03_youtube 10_instagramemail-icon-120

 

Reproduzir
Posted in Da Prateleira, hq, indicação, livro, livros, Podcasts, quadrinhos and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , .
  • ouvi, gostei!
    Realmente, fiquei com vontade de ler…
    Olha aí a oportunidade das editoras

    ps.: Sotaque da Luciana é lindo! *_*

  • David Balotin

    Ae, po!

    O desconforto inicial passou tão rápido e a parada rolou tão tranquilo que rapidamente perdeu a cara de primeiro episódio e pareceu uma parada cotidiana.

    Me deu vontade de ler principalmente pelo ponto que a Luciana disse, de ser um bom ponto pra quem não tem contato com o oriente, e eu tenho pouquíssimo.

    Acho que a opção de gravar em dupla foi acertada, porque gravar sozinho deve ser bem mais complicado, tem que ter um roteiro certinho e tal, não vai ter o dialogo pra fazer a conversa fluir e tal…

    ps.: fiquei bem mal com a história do “bordados” que a Tamyres falou :X… realmente, como dizia outro podcaster, o ser humano é o pior tipo de gente.

  • Felipe Amorim

    Gostei muito do programa, espero que role mais vezes.
    Quanto a Persépolis, é uma coisa maravilhosa. Usei o quadrinho no artigo de conclusão da pós e usei cenas do filme algumas vezes em sala de aula, e é incrível como ele tem esse poder de nos tirar escamas dos olhos em relação ao Irã, a islâmicos, etc. Eu acho a relação dela com Deus uma das mais belas que eu já vi.

  • Ricardo Carvalho

    Muito bom, entrou na lista aqui para comprar. =D

  • Felipe Bizzo

    Bem bom! Realmente conheço bem pouco da cultura Islâmica e essa falta de conhecimento acaba gerando um certo preconceito bobo. Gostei bastante dos comentários de vocês e deu vontade de ler hahaha

  • Rafaela Cardoso

    Oi Tamyres! Parabéns pelo programa, mt legal o formato, por começar com esse livro e pelo contexto também. é muito esclarecedor. muito bom mesmo!!
    GO GIRL!! <3
    (obs: sugestão que relaciona a questões do oriente médio e as mulheres – o filme "Incêndios" do diretor Denis Villeneuve. vale a pena.)

  • Obrigada ♥
    Leia sim. É bem bacana o quadrinho. (Se tiver com preguiça, dá para ver a animação no youtube.)

  • Obrigada, David. É estranho gravar sem toda a cambada, mas acho que me saí bem. Ter a Lu com certeza me ajudou muito.

    Se ler o quadrinho, depois me conta o que achou.
    A história por trás do “Bordados” é devastadora, mas quero muito ler. Deve ser uma inserção no universo feminino iraniano incrível.

  • Obrigada pelo comentário, Felipe. Tentarei gravar um por mês, mas não prometo nada pra este ano.

    Persépolis é maravilhoso mesmo. E que lindo a gente usando obras sobre o mundo muçulmano na pós. Eu usei o Habibi. ♥

  • Obrigada pelo comentário, Ricardo.

    Depois que ler, me conta o que achou.

  • Felipe, obrigada pelo comentário.

    O mundo islâmico é algo riquíssimo. Eu ainda conheço pouco, mas é muito interessante. Este episódio do Nerdologia fala sobre as mulheres curdas. É bem interessante. É uma portinha do Oriente Médio também. https://www.youtube.com/watch?v=PNVOEM5AMns&t=401s

    Se você ler, depois me diz o que achou.

  • Rafaela, obrigada por ouvir e comentar. Que bom que você gostou do programa.
    Persépolis é só amor, né?

    Obrigada pela indicação do filme. Nunca ouvi falar, mas entrou para a lista aqui. 🙂

  • Tia do Bátima

    Tem também esse Nerdcast com a Talita Ribeiro que é bem interessante: https://jovemnerd.com.br/nerdcast/nerdcast-496-uma-viajante-no-oriente-medio/

  • Tia do Bátima

    Ótemo programa. Achei que você ficou legal como host e que a Luciana mandou mandou super bem também. Curti muito o formato e a proposta.

    Não sei se vou conseguir ler Persépolis tão cedo, mas certamente agora está na minha lista de futuras leituras.

    Sobre a periodicidade, entendo as tretas da pós. Esse trem consome a alma da gente. Mas no futuro gostaria de ver mais episódios. Gostei mesmo.

    Amplexos ursídeos.

  • Jonatha Zimmer

    Como eu fiquei feliz em ver este programa gravado!!! = )

    Gostei muito do resultado. Vocês duas estão de parabéns!

    Que venham mais “Da Prateleira” com todas as suas indicações.

  • Oi migassssss *screams in migas language*

    Deu um quentinho no coração ouvir falar de Persépolis e uma vontade enooooorrrmmeee de reler (bendito tcc que tá consumindo minha alma. As férias me aguardam!)
    Faltava na podsfera um programa despretensioso e sincero como esse, que tem a intenção de indicar o livro e não de escrutinar a “verdade” sobre ele.

    Sobre a HQ, li numa época que pulei de cabeça em ler material sobre cultura islamica, principalmente esses conteúdos da ordem do entretenimento e lembro de ter sido uma leitura surpreendente e envolvente! A relação dela com Deus me marcou muito, achei parecido com algumas orações que eu fazia quando criança haha. E é curioso né, no fim, do outro lado do planeta, se identificar com essa menina e depois com essa mulher incrível… Só nos resta a admiração. Aliás, o oriente médio está cheio de mulheres incríveis, né? Nessa época eu li a bibliografia da Malala também. Acho que a gente perde tanto fechadas no mundo EUA-Uk as vezes… Queria ter tempo de aprender e ler mais… Enfim, to divagando já hahha

    E só queria deixar a nota: Luciana Santos merece um prêmio de começadora de podcasts hahahaha (Acho que farei um meme)

    Beijos queridas <3

  • Obrigada, meu bem ♥

  • Obrigada, Tia. Que bom que gostou do programa e ficou com vontade de ler a obra. A ideia era essa mesmo.

    Quanto a gravar mais programas, tentarei manter um por mês, mas não prometo nada. haha

  • Bianca, fiquei até emocionada e sem graça com tantos elogios. Obrigada por ouvir e por seu comentário.♥

    O Oriente Médio tem muitas mulheres incríveis (e todo o resto do mundo), mas a gente sempre demora mais para encontrar as histórias delas, né? Por isso, foi até significativo este primeiro programa pra mim.

    Quanto ao que disse sobre o programa, muito obrigada. A proposta era ser leve e tranquilo mesmo. Fico feliz em saber que atingi o objetivo.

    A Luciana tem muitos chegas. Daí tá no podcast de todo mundo. ♥

  • Nós também gravamos com a Talita. É um programa com um viés totalmente diferente do Nerdcast. Tá bom igual. Vale a pena ser ouvido.

    http://crentassos.com.br/blog/2016/01/podcrent-37-turismo-de-empatia-refugiados-no-oriente-medio.html

  • Luciana Santos

    Tamyreeess, amei demais ter estreado junto contigo! <3
    Ficou tão legal o nosso papo que até voltei lá no livro pra ler de novo! hahahaha
    Vida longa ao Da Prateleira!

  • Luciana Santos

    HAHAHAHAHAHA @biancarati:disqus até citei seu nome de forma rápida pq foram vcs duas que me incentivaram indiretamente a ler o Persépolis!
    Quem são as influencers da parada agora? hahaha

  • Luciana Santos

    <3

  • Tia do Bátima

    Ooooown!

  • Eva Beatriz Holland

    Que lindo Tamyres!
    Amei o programa, muito gostoso de ouvir 🙂
    Gosto muito do seu posicionamento sobre assuntos vários, por isso fiquei muito feliz por esse podcast finalmente se concretizar.
    Luciana, nem te conheço mas já te considero pacas rsrs
    Persépolis é um dos próximos livros da lista “sempre quis ler mas a vida não me deu tempo”. A visão do Irã contada por uma menina iraniana me parece fascinante por ser “pura” (se assim posso dizer): uma narrativa sem o preconceito ocidental e contada por uma criança, com a fala ainda não contaminada pelo pessimismo do adulto.
    Esse podcast aumentou minha vontade de passar esse livro na frente dos próximos da “vida livre fora da academia” o/

  • Eu amei ter você comigo. Foi uma ótima estreia! Obrigada, amiga.

  • Eva, muito obrigada por seu comentário. Dá um friozinho na barriga saber que tanta gente valoriza e dá bola pro que falo e penso, mas é um empurrão para continuar com o programa.

    Leia Persépolis sim. Gostará muito. 😉

  • Aeeeeeeeeeeeee podcast novo! o/

    Persépolis: por algum motivo, cheguei a baixar o filme nos idos tempos de F.A.R.R.A. Como era um adolescente sem noção, vi só o começo, achei estranho e larguei.

    Já tô um tempo querendo ler, mas ainda não comprei. O podcast fez subir um pouco na minha lista rs

    Tô no aguardo pelos próximos (mas confesso que espero que não saia antes de eu ler Persépolis (sim vou correr rs))

  • O que seriam os “tempos de F.A.R.RA”? HAHAHA

    Enfim, que bom que gostou do programa, Katan. Depois que ler Persépolis, volta aqui contar o que achou.

    Sobre o programa, espero conseguir publicar um por mês, então corre mesmo comprar Persépolis, porque até já gravei o próximo. 😉

    Abraços!

  • Fórum de Agrupamento Revolucionário do Rapadura Açucarada, era lindo, tinha de tudo.

    Esse final de semana vi Persépolis na casa de um amigo, acabei não pegando emprestado. Vou correr aqui rs

  • Foi um bom início de episódio. Assisti recentemente o filme, que de forma interessante acabou por sincronizar com a conversa que o Cristiano sobre o Islã. Pensava que o desenho animado seria bem light e tranquilo, mas realmente me impressionou. Uma história incrível. Ainda não tive a oportunidade de ler o quadrinho, mas assim que surgir na frente, vou tentar adquirir. Abraço e continuem com esse cast. Foi muito legal.