A Oração Pelas Autoridades | Ampulheta 37

Meu nome é Giancarlo Marx e hoje vou falar sobre o tema: A Oração Pelas Autoridades.

Você já assistiu aquele filme “O Livro de Eli”?

Em um futuro de terra devastada, o antagonista vivido por Gary Oldman quer se apossar do último exemplar da Bíblia, de posse do herói interpretado por Denzel Washington. O livro, segundo ele, seria a mais poderosa ferramenta de controle das massas jamais criada.

Ao longo da nossa história humana, a religião (inclusive cristã) tem sido usada muitas vezes para este fim: Se alçar poder e exercer autoridade. De modo que líderes políticos frequentemente buscam nas escrituras sagradas trechos que aparentam fazer eco a suas próprias ideias e intenções. E com pequenas distorções aqui e ali essas coisas acabam se encaixando. E os militantes aplaudem.

Para nós que cremos na Bíblia como imutável palavra de Deus o desafio é o inverso. Buscamos usar nosso escrito de fé como lente para observar a realidade que nos cerca.

O autor C. S. Lewis descreveu este processo ideal nos seguintes termos: “Eu acredito no cristianismo como acredito que o sol nasce todo dia. Não apenas porque o vejo, mas porque através dele eu vejo tudo ao meu redor.”

Com estas ideias em mente quero sugerir a leitura de 1 Timóteo 2:1 a 4.

Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens, pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade.

Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade.

É dever de todo cristão orar. Esta é uma de nossas mais poderosas disciplinas espirituais. Ela molda nosso coração aos intentos divinos e nos coloca em conexão direta com aquilo que não podemos ver, mas que dá sentido à nossa existência.

Paulo recomenda aqui que a oração seja prioridade de Timóteo na condução da igreja de Éfeso. Mais do que isso, que esta oração seja em favor de todos os homens. Então ele inclui as autoridades políticas como alvo destas orações.

Éfeso era o principal centro comercial do Mediterrâneo. A segunda cidade mais importante do império, atrás apenas da capital, Roma. E ao contrário do que parece sugerir este texto, sabemos por outros relatos da Bíblia que os cristãos se opunham ao jugo romano e às autoridades por ele instituídas.

Podemos citar aqui João Batista, que teve a cabeça cortada por denunciar o pecado do Rei Herodes. Rei, por sinal, a quem Jesus chamou de “raposa velha”. Portanto seria muito estranho aos ouvidos desta igreja perseguida o pedido para que orassem pelas autoridades. Então em que sentido deveriam orar pelos governantes opressores?

A resposta para esta pergunta está no texto. “…para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade.

Veja, a sugestão de Paulo não era para que os efésios orassem para que os reis tivessem uma vida tranquila diante da oposição no senado. Ou que conquistassem mais territórios. Nem mesmo para que fossem amados pelo povo. A oração era para que os governantes fizessem um bom trabalho, de modo que o povo tivesse paz.

No quarto verso o autor fala do desejo de Deus: “que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade.” O uso da conjunção aditiva “e” me leva a concluir que a salvação mencionada aqui não é um sinônimo do conhecimento da verdade.

Sabemos que a vida eterna é conhecer a verdade (João 17:3). Ouso dizer que a salvação neste texto refere-se a algo mais terreno.

O desejo de Deus seria então que ninguém padecesse nas mãos de um governo perseguidor, e que todos alcançassem a vida eterna.

Vamos nos lembrar disso em nossas orações. Oremos pelas autoridades sim, mas com o fim de que o povo viva com tranquilidade. O Senhor certamente não rejeitará as nossas súplicas.

Um forte abraço e até o próximo Ampulheta.

PARTICIPANTES:
– Giancarlo Marx

COISAS ÚTEIS:
– Duração: 05m33s
– Feed do Crentassos: Feed, RSS, Android e iTunes: crentassos.com.br/blog/tag/podcast/feed Para assinar no iTunes, clique na aba “Avançado”, e “Assinar Podcast”. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.
Todos os “Ampulheta”

CITADOS NO PROGRAMA:
Filme “O Livro de Eli”
Autor C. S. Lewis
I Timóteo 2:1-4
João 17:3

GRUPOS DE COMPARTILHAMENTO DA CRENTASSOS:
WhatsApp
Telegram



JABÁS:Padrim BannerPatreon Banner
picpay

Vitirne Post Camisetas CrentassosAmazon Banner

REDES SOCIAIS:
Facebook PostTwitter PostInstagram PostYoutube PostEmail Post

Críticas, comentários, sugestões para crentassos@gmail.com ou nos comentários desse post.

OUÇA/BAIXE O PROGRAMA: 

Posted in Ampulheta, Podcasts and tagged , , , , , , , , , , , , , , , .