Da Prateleira 04 | As Irmãs Romanov

04 As Irmas Romanov

Da Prateleira será um programa onde eu, Tamyres, indicarei livros, quadrinhos, filmes, séries ou álbuns que me agradem. Eventualmente com convidados, às vezes sozinha, estarei aqui indicando obras e convidando vocês a discorrerem sobre suas impressões nos comentários.

Como o programa é para indicar obras, não serão dados spoilers sobre a mesma em questão, para que aqueles que ainda não a conhecem possam ouvir o programa tranquilamente.

No quarto episódio do Da Prateleira, estou sozinha no programa para conversar com vocês sobre esta obra incrível a respeito da Rússia pré-revolucionária e a última família real russa. Venha ouvir a respeito das quatro grãs-duquesas que, apesar de serem princesas russas, não tiveram uma vida glamourosa, mas sim de muitos sofrimentos.

PARTICIPANTES:
– Tamyres Palma

COISAS ÚTEIS:
– Duração: 30m36s
– Feed do Crentassos: Feed, RSS, Android e iTunes: crentassos.com.br/blog/tag/podcast/feed Para assinar no iTunes, clique na aba Avançado, e Assinar Podcast. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.

CITADOS NO PROGRAMA:
Livro “As Irmãs Romanov” de Helen Rappaport;
Da Prateleira 01 – Persépolis;
Da Prateleira 02 – Eu Sou Malala;
Entrevista com Helen Rappaport;
Livro do engenheiro francês que recebe três das irmãs da estação de trem.

TRILHA SONORA DO PROGRAMA:
– “Postcards From Italy” – Beirut (Ukelele Instrumental por iamblinkin)

OUÇA O PROGRAMA PELO YOUTUBE:
Da Prateleira 04 | As Irmãs Romanov

JABÁS:Padrim BannerPatreon Banner
Vitirne Post Camisetas Crentassos

REDES SOCIAIS:
Facebook PostTwitter PostInstagram PostYoutube PostEmail Post

Críticas, comentários, sugestões para crentassos@gmail.com ou nos comentários desse post.

OUÇA O PROGRAMA:

Reproduzir
Posted in Da Prateleira, indicação, livro, livros, Podcasts and tagged , , , , , , , , , , , , , , .
  • Oi!
    Ouvi hoje na hora do almoço, então posso dizer que almocei contigo né? hahahaha
    Gostei de te ouvir falar! Claro que com mais uma pessoa inevitavelmente é um pouco mais dinâmico. Mas o objetivo foi alcançado: to morrendo de vontade de ler esse livro.

    Eu tenho desde criança algum tipo de obsessão com a Rússia e por isso o desenho que vc cita, da Anastasia, é muito importante pra mim (apesar de saber que é totalmente ficção), então é muito atrativo pra mim saber o que realmente aconteceu. Mas parece uma leitura um pouco pesada, na verdade, quanto mais eu leio e pesquiso sobre monarquias mais eu percebo que não tem muita beleza em ser uma princesa.

    Beijos pra vc miga <3

  • Obrigada pelo almoço. ♥ hehe

    Mas falando sério, obrigada pelo comentário, Bianca. Fico feliz a cada pessoa que diz que ficou com vontade de ler a obra depois de ouvir minha indicação.

    Sobre a Rússia, eu queria conhecer só pelo desenho da Anastácia. Achava tudo tão lindo e mágico que era o suficiente. Quem sabe a gente consegue ir pra lá juntas um dia?

    A leitura do livro é melancólica e angustiante, mas não chega a ser realmente pesada, sabe? Eu foquei mais na parte dela ser extremamente interessante quando li. Mas concordo contigo: ser princesa, em qualquer época e lugar, parece ser algo simplesmente exaustivo e terrível às vezes.

    Beijos e obrigada pelo comentário.

  • Tia do Bátima

    Eita, que a pilha de livros vai só aumentando!

    Excelente programa. E de forma alguma ficou ruim por estar só você falando. Talvez as habilidades de historiadora tenham contribuído para falar de um livro que conta sobre a história russa.

    Por sinal, esse é um país que tenho me interessado bastante em conhecer, tanto na literatura, quanto no cinema, quanto sua história geopolítica. Por enquanto, vou começar lendo sobre o círculo linguístico de Praga e o formalismo russo. Depois gravo e deixo você publicar por aqui, blz? Hehe

    Amplexos ursídeos.

  • Desconhecia a história delas. Obrigado por apresentar.

  • Esperando seu programa, embora poucas pessoas entenderão o assunto. hahaha

    Mas que bom que gostou da indicação. E já conseguiu fazer a sua mulher ouvir podcasts? Ela conseguiu ouvir o meu? Abraços, piá!

  • Imagina, Riba. Espero que vocês estejam gostando dos programas. Os comentários caíram drasticamente, então não sei muito o que as pessoas estão achando.

  • Tia do Bátima

    To gravando aqui já. Vou editar até o fim do mês e mando… hehe

    Apresentei o programa pra ela, e ela interessou. Vamos ver se vai ouvir por conta própria agora…

    Ela sempre me diz que não gosta de um monte de gente falando ao mesmo tempo, então acho que vai curtir o Da Prateleira.

  • fernanda wojcik

    Tamy, finalmente consegui ouvir!

    Eu fiquei com interesse nessas histórias a partir do desafio da Tati Feltrin sobre os Romanov. A Rússia sempre foi um enigma para mim e eu tenho uma curiosidade estranha, porque eu quero saber mais, porém acabo não indo muito atrás. Falha minha.

    Já li Tolstoy e Dostoiévski mas sempre achei muito difícil. Acho até que deveria reler para entender direito.

    Seu relato ficou ótimo, super bem explicado, deu para entender direitinho sobre o livro e deu vontade de ler, apesar de eu concordar com a Bianca ali nos comentários, que parece uma leitura pesada e um pouco triste. Acho que sua formação em História ajuda muito nessas explicações e na maneira que você apresenta os fatos, então continue!

    Vou linkar seu podcast na próxima newsletter, para divulgar a mais pessoas.

    Obrigada por mais esse episódio 🙂
    Um beijo.

  • Muito obrigada por seu comentário, Fer. O desafio da Tati também me deu mais gás pra ler sobre a Rússia, mas já tinha essa vontade antes. Estou morrendo de vontade de ler Guerra e Paz, mas isso só ano que vem.

    Que bom que o programa ficou legal e de fácil compreensão. Talvez a veia professora tenha falado alto mesmo.

    Apesar do livro ser melancólico e triste mesmo, ele é bem bonito. Vale a pena ser lido.

    E muito obrigada por sua divulgação. É sempre muito bem-vinda.

    Beijos!